Universidade Federal do Pará
terça-feira, 26 de Setembro de 2017

Sugestões/Comentários

Quem está Online?

Nós temos 71 visitantes online

Quantos Viram Isto?

Visualizações de Conteúdo : 212864

Home Projetos Primeiros Projetos-5

GUERREIRO, Manoel Gabriel S.; SILVA, José Maurício Rangel da. Projeto Guaraí-Conceição. Belém: Departamento de Geologia, UFPA, 1976. 50 f.

RESUMO

O Projeto Guaraí-Conceição foi executado pelo Departamento de Geologia da Universidade Federal do Pará através de um convênio firmado entre a Universidade e o Departamento Nacional de Produção Mineral representado pelo seu 5º Distrito. Tal convênio tem por objetivo a execução de trabalhos de mapeamento geológicos e, correlatos, com intuito de proporcionar treinamento de campo aos alunos do Curso de Geologia da Universidade. A área desse projeto compreende porções das partes norte e sul, respectivamente, dos estados de Goiás e do Pará. Sua superfície é de aproximadamente 2.700 km2, sendo delimitada pelas coordenadas geográficas 08° 10’ 00’’ S, 8° 54’ 00’’ S, 48° 30’ 00’’ WGr e 49° 30’ 00’’ WGr. Os trabalhos de campo foram executados durante os meses de julho e novembro de 1975 por professores do departamento e alunos concluintes do Curso de Geologia da UFPA. Três grandes unidades geotectônicas, ou seja, o embasamento indiviso, representado pelo Complexo Xingu, a faixa orogênica Araguaia-Tocantina, representada pelos grupos Estrondo e Tocantins e a sinéclise do Marnhão-Piauí, representada pelas formações Pimenteiras e Pedra de Fogo foram mapeadas na área. Conglomerados polimícticos, aqui denominados informalmente rio das Barreiras, e rochas básicas, de posição estratigráfica duvidosa, foram também mapeadas. Estruturas macroscópicas de caráter deformacional plástico e associadas aos metasedimentos dos grupos Estrondo e Tocantins foram estudadas com certo detalhe. Destacam-se aqui a anticlinal de Colmeia, a sinclinal de Goiani e a isoclinal de serra de São José. Dentre os objetivos, o de caráter didático foi atingido plenamente com o treinamento de alunos em trabalhos de mapeamento geológico, através de técnicas clássicas. De outro modo, foram acrescentadas contribuições ao conhecimento geológico da região trabalhada.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Qual a sua avaliação para o CEMIG?
 
© 2012 - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Centro de Memórias do Instituto de Geociências
Tel: (91) 3201-7476 • E-mail: cemig@ufpa.br