Universidade Federal do Pará
Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Sugestões/Comentários

Quem está Online?

Nós temos 76 visitantes online

Quantos Viram Isto?

Visualizações de Conteúdo : 217067

Home Projetos Primeiros Projetos-8

ABREU, Francisco de Assis Matos de et al. Projeto Balsas. Belém: Departamento Nacional da Produção Mineral, 1977. 65 f.

 

RESUMO

O projeto Balsas fez parte do convênio firmado entre a Universidade Federal do Pará e o Departamento Nacional de Produção Mineral, com o objetivo de executar mapeamentos geológicos básicos e estudos correlatos, além de treinamento e pré-qualificação profissional complementar a graduandos de geologia. Esse treinamento foi promovido na região sudoeste da Bacia do Parnaíba, envolvendo as formações Piauí (Pensilvaniano), Sambaíba (Triássico) e os derrames balsáticos da Formação Mosquito (Jurássico), que ocorrem ao norte da área. Foram elaborados mapas geológicos de uma área de 2.100 km2, situado ao S-SE do Maranhão, confeccionados na escala de 1:25.000, que foram resultados dos trabalhos dos graduandos de geologia. Estes mapas foram integrados, resultando em um mapa de síntese na escala de 1:100.000. Ao norte da área foi encontrado uma estrutura circular, a Estrutura do Macapá, cuja origem não pôde ser esclarecida. Ocorrências de gipsita no Permiano, aparentemente, parecem não ter interesse econômico. Nas vizinhanças de Balsas, na fazenda Picos, a espessura máxima dessa rocha atinge 1,5 a 2 m, sendo sobreposta por uma cobertura bem maior. Pequenos afloramentos de calcáreos alternando com margas são explorados para necessidade locais. Indicações para mineralizações associadas a folhelhos cinza-escuro não foram observados.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Qual a sua avaliação para o CEMIG?
 
© 2012 - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Centro de Memórias do Instituto de Geociências
Tel: (91) 3201-7476 • E-mail: cemig@ufpa.br