Universidade Federal do Pará
Domingo, 09 de Agosto de 2020

Sugestões/Comentários

Quem está Online?

Nós temos 96 visitantes online

Quantos Viram Isto?

Visualizações de Conteúdo : 377163

Home Dissertações Dissertações 81 - PORSANI, Milton José

 

PORSANI, Milton José. Paleocanais: Uma opção para a prospecção de água subterrâneas rasa na Ilha do Marajó. 1981, 109f. Dissertação (Mestrado em Geofísica)- Curso de Pós- Graduação em Ciências Geofísicas e Geológicas, Universidade Federal do Pará, Belém, 1981.


RESUMO

A Ilha de Marajó apresenta escassez de água de qualidade aceitá­vel para o atendimento da população do interior dos campos. Este problema é maior no período da estiagem. A água de subsuperfície, em grande parte da região, é de péssima qualidade, com elevadas concentrações de sais que a torna imprópria para o consumo.

Com o objetivo de demonstrar a validade de se utilizar os paleo­canais para captação de água subterrânea de pequena profundidade, foram in­vestigadas algumas estruturas geológicas da região adjacente ao Lago Arari. Foram utilizados os métodos da eletroresistividade e eletromagnéticos. Foram executadas 7 perfurações geológicas, 59 sondagens elétricas verticais (SEVs) arranjo Schlumberger, 17 Km de caminhamento elétrico e 11 Km de caminhamento eletromagnético.

Os resultados mostraram que as estruturas investigadas correspondem a dois tipos de aquíferos: a) aquíferos com baixa concentração de sais dissolvidos (condutividade de 400 μmho/cm, aproximadamente) associado ao  paleocanal do Retiro Guajará Mirim; b) aquífero ligeiramente salino associado às "linhas de praias" que apresenta condutividade de 1100 μmho/cm.

Valendo-se dos trabalhos geofísicos anteriores realizados na Ilha de Marajó, foi analisado o comportamento das SEVs localizadas sobre ou­tros paleocanais, o que permitiu concluir pela validade da utilização siste­mática dos paleocanais, para prospecção e captação de água subterrânea a pe­quena profundidade na região dos campos naturais da Ilha de Marajó.

São apresentadas hipóteses sobre a evolução morfológica da região onde se encontra o Lago Arari e sobre a dessalinização dos paleocanais, como também são sugeridos trabalhos para a continuidade desta pesquisa.

 

Texto Completo


 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Qual a sua avaliação para o CEMIG?
 
© 2012 - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Centro de Memórias do Instituto de Geociências
Tel: (91) 3201-7476 • E-mail: cemig@ufpa.br