Universidade Federal do Pará
Quarta-feira, 30 de Setembro de 2020

Sugestões/Comentários

Quem está Online?

Nós temos 27 visitantes online

Quantos Viram Isto?

Visualizações de Conteúdo : 388213

Home Produções Científicas Produções Científicas-25

HASUI, Yociteru; ABREU, Francisco de A. M. de; SILVA, José Maurício R. da. Estratigrafia da faixa de dobramentos Paraguai-Araguaia no Centro-Norte do Brasil. Boletim IG., Instituto de Geociências, USP, São Paulo,  v. 8, p. 107-118, 1977.

RESUMO

A faixa de dobramentos Paraguai-Araguaia, constituída no Ciclo Brasiliano, estende-se para o norte da Ilha do Bananal, com orientação sub-meridiana. Acima do paralelo 9°. 30’S ela se faz representar pelo Grupo Baixo Araguaia, uma faixa ofiolítica, alguns corpos graníticos e pela Formação Rio das Barreiras. O Grupo Baixo Araguaia se constitui de três formações: Estrondo, Couto Magalhães e Pequizeiro, esta última de caráter magmático-sedimentar associada à faixa ofiolítica. A faixa ofiolítica é associada à Geossutura Tocantins-Araguaia, que parece se manifestar à superfície através da falha de empurrão entre o Rio Vermelho e Tucuruí, em associação a qual incide fácil xisto verde glaucofanítica. A evolução da faixa de dobramentos mostra polaridade para Oeste dos vários fenômenos, com exceção do magmatismo básico-ultrabásico.

 Texto Completo

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Qual a sua avaliação para o CEMIG?
 
© 2012 - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Centro de Memórias do Instituto de Geociências
Tel: (91) 3201-7476 • E-mail: cemig@ufpa.br