Universidade Federal do Pará
Domingo, 20 de Setembro de 2020

Sugestões/Comentários

Quem está Online?

Nós temos 33 visitantes online

Quantos Viram Isto?

Visualizações de Conteúdo : 385638

Home Produções Científicas Produções Científicas-36

BELTRÃO, Jacira Felipe; LOURENÇO, José Seixas; DIAS, A. C. Métodos geofísicos aplicados ao estudo de detalhe de uma ocorrência de fosfato no Estado do Pará. In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA, 30., 1978, São Paulo. Resumos... São Paulo: SBPC, 1978.  p. 386.

RESUMO

Foram descobertas em 1974, por pesquisadores do Núcleo de Ciências Físicas e Geológicas da Universidade Federal do Pará, ocorrências e fosfato nos arredores da Vila de Santa Luzia, Município de Ourém, Estado do Pará, situada entre as coordenadas 1°27’58’’S e 1°32’27’’S e 46°55’49’’W, abrangendo cerca de 64 km2. Considerando a importância de fosfatos como matéria-prima para fertilizantes, foi realizado um levantamento geofísico utilizando os dados cintilométrico e eletroresistivo, visando obter parâmetros para auxiliar no mapeamento geológico de superfície e estrutural da área, uma vez que o mapa geológico se torna difícil quando não se tem afloramentos, como é o caso da Amazonia. Através de medidas cintilométricas foi possível definir três principais da área: o filito pertencente ao Grupo Gurupi, o pacote xisto, quartzo xisto e a porção da área de maior cizalhamento com grande quantidade de fragmentos de quartzo e fosfato disseminado. A interpretação das sondagens elétricas forneceu um perfil geológico esquemático. Foi portanto possível definir a partir da interpretação de dados geofísicos, a área de concentração de fosfato e correlacionar os mapas geológico e cintilométrico.

 Texto Completo

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Qual a sua avaliação para o CEMIG?
 
© 2012 - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Centro de Memórias do Instituto de Geociências
Tel: (91) 3201-7476 • E-mail: cemig@ufpa.br