Universidade Federal do Pará
Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020

Sugestões/Comentários

Quem está Online?

Nós temos 52 visitantes online

Quantos Viram Isto?

Visualizações de Conteúdo : 387557

Home Produções Científicas Produções Científicas-41

DAMOUS, N. L.; RONCAL, J. R. Z.; LIMA, W. N. Distribuição dos elementos Si, Al, Fe, Ca, Mg, Mn, Ti, Cu, K e Na, em solos desenvolvidos na região do Granito Central da Serra dos Carajás. In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA, 30., 1978, São Paulo. Resumos... São Paulo: SBPC, 1978.  p. 466.

RESUMO

A distribuição dos elementos nos produtos intemperizados das rochas é afetada, entre outros fatores, pelo clima, relevo e material original. No presente trabalho é estudada a distribuição dos elementos Si, Al, Fe, Ca, Mg, Mn, Ti, Cu, K e Na nos produtos intemperizados do Granito Central da Serra dos Carajás/ Sul do Pará, em uma área caracterizada pelo relevo acentuado e sujeita a clima tropical úmido. A amostragem foi feita em perfis de solos pelo método de coleta contínua de canal. Os tratamentos analíticos envolveram determinação potenciométrica do PH atual e determinação das composições química e mineralógica das frações areia, silte, argila e óxidos. Ao longo dos perfis, no sentido da menor profundidade, verifica-se o crescimento nos teores das frações óxidos e argila e o consequente decréscimo das frações silte e areia. Quanto ao comportamento químico, o conteúdo de SiO2 diminui, enquanto aumenta o dos demais elementos. A análise mineralógica semi-quantitativa das frações revela variações no conteúdo de feldspato na fração areia assim como a dominância de caulim na fração argila e abundância de quartzo na fração silte. A distribuição dos elementos ao longo dos perfis revela um processo caracterizado por: dessilicatização, forte enriquecimento de Al associado a formação e acumulação de minerais argilosos, forte enriquecimento de ferro devido a precipitação de óxidos secundários e absorção nas argilas, enriquecimento de Ca, Mg, Mn, K e Na por absorção nos óxidos e argilas e concentração do Ti na fração silte face a resistência dos minerais que ele forma. Com base no padrão de distribuição dos elementos nos perfis estudados conclui-se da existência de um processo de laterização incipiente afetando as rochas da área.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Qual a sua avaliação para o CEMIG?
 
© 2012 - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Centro de Memórias do Instituto de Geociências
Tel: (91) 3201-7476 • E-mail: cemig@ufpa.br