Universidade Federal do Pará
Domingo, 09 de Agosto de 2020

Sugestões/Comentários

Quem está Online?

Nós temos 160 visitantes online

Quantos Viram Isto?

Visualizações de Conteúdo : 377183

Home Dissertações SILVA, José Maurício Rangel da.

 

SILVA, José Maurício Rangel da. Metamorfismo das rochas pelíticas do segmento setentrional da faixa Paraguai-Araguaia. 1980, 55f. Dissertação (Mestrado em Geologia) Curso de Pós- Graduação em Ciências Geofísicas e Geológicas, Universidade Federal do Pará, Belém, 1980.

 

RESUMO

Dados petrográficos, petroquímicos e microestruturais foram empregados no estudo do metamorfismo da parte setentrional da faixa de dobramento Paraguai-Araguaia. Não obstante o nível de reconhecimento do trabalho, os dados são consistentes regionalmente.

O metamorfismo atuou sobre rochas sedimentares composicionalmente semelhantes a mistura de folhelhos e grauvacas. Estruturas sedimentares relictas apontam uma origem sedimentar.

A distribuição das associações minerais dentro do grupo baixo Araguaia daquela faixa de dobramentos mostra, de oeste para este, um zoneamento regional com sericita, clorita e biotita. Em torno de megaestrutura (com núcleo do suposto embasamento) existe a zona da granada.

O terreno estudado e do tipo pressão-média a assemelha-se aos apalaches setentrionais e highlands da escócia.

Metamorfismo e deformação são perfeitamente correlacionáveis. O pico do metamorfismo corresponde à cristalização de estaurolita e cianita, ultrapassa a deformação f2. O esfriamento do pacote metasdimentar propiciou a cristalização de biotita muscovita.

O metamorfismo e atribuível a um ciclo polisfásico. As manifestações finais do metamorfismo datam do ciclo Brasiliano.

Texto Completo

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Qual a sua avaliação para o CEMIG?
 
© 2012 - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Centro de Memórias do Instituto de Geociências
Tel: (91) 3201-7476 • E-mail: cemig@ufpa.br