Universidade Federal do Pará
Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020

Sugestões/Comentários

Quem está Online?

Nós temos 237 visitantes online

Quantos Viram Isto?

Visualizações de Conteúdo : 375639

Home Dissertações SÁ, Osvaldo Batista.

SÁ, Osvaldo Batista. A geoquímica da camada laterítica da serra do quatipuru. 1980, 70f. Dissertação (Mestrado em geoquímica) Curso de Pós- Graduação em Ciências Geofísicas e Geológicas, Universidade Federal do Pará, Belém, 1980.

RESUMO

Foram estudados os padrões de distribuições dos elementos traços Cu, Zn, Co, Ni, Mn e Cr em uma camada de solos lateríticos da serra do Quatipuru, superposta a uma “rocha mãe” ultrabásica serpentinizada e por um talcoclorita (xito).

A camada de solos é influenciada pelo material imtemperizado vindo das serras, contribuindo com um possível desequilíbrio dos perfis. Através do estudo de vários perfis, pode ser comprovado, que o tipo de padrão de distribuição fica constante só depende da “rocha mãe”. As contribuições laterais das serras, somente aumentam ou diminuem os máximos e mínimos ao longo dos perfis. Conseguiu-se comprovar, que existe um forte correlacionamento entre Co-Mn e Cr-Fe, independente dos horizontes e da “Rocha mãe”.

São apresentados os fatores de enrequicimento causados pelo intemperismo, bem como as conclusões que podem ser tiradas na base da determinação destes elementos traços, no solo de pequena profundidade, sobre possíveis enriquecimentos nos horizontes subjacentes, e teores na “rocha mãe”, possibilitando assim, uma identificação da “rocha mãe” através de estudos geoquímicos.

Texto Completo

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Qual a sua avaliação para o CEMIG?
 
© 2012 - Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Centro de Memórias do Instituto de Geociências
Tel: (91) 3201-7476 • E-mail: cemig@ufpa.br